Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Not my cup of tea

É nas palavras que me encontro. Enfermeira, de profissão. Escritora, de paixão.

Not my cup of tea

É nas palavras que me encontro. Enfermeira, de profissão. Escritora, de paixão.

14/02/20

trilhos .

86461030_212007169850332_2515893551670231040_n.jpg

Meu amor, sou mais feliz desde que caminhas ao meu lado. Ainda que os trilhos se façam de tropeços, já dizia um sábio que as pedras se guardam e um dia serão castelo. Somos a conquista de obstáculos. Somos mãos que amparam e levantam. Somos caminho, lado a lado. Somos o abraço sincero, nos dias em que o nosso Amor fica anémico e discute. Há dias que parece que lutamos em contramão, mas sabes?! São todos esses dias que nos fazem subir montanhas e ter o fôlego de um Leão para nunca nos contentarmos, e criarmos sempre mais caminho. Meu amor, tenho mais luz desde que caminhas ao meu lado. Desde que juntos, somos um. Eu sou Sol e tu és Lua. Somos noite e dia. Pedaços, inteiros. Perfeitamente, imperfeitos. Somos, Amor. 

10/02/20

viagem .

84571161_477693922912524_7293474790734561280_n.jpg

És Mundo. Na vontade de te conhecer em todas as coordenadas. Na vontade de viajar em ti. Na ânsia de novas altitudes e voar sempre mais alto - lado a lado. És Mundo. Nos tempos em que não te atrasas a chegar ao meu abraço. Na latitude do teu olhar, gosto de me demorar. És Mundo. Na longitude com que te pressinto a chegar. És o meu destino favorito. Em ti, encontro todos os meus essenciais. Sabes a sábados à tarde de ronha e a panquecas com nutella. Sabes a passeio de domingo à tarde. E sabes-me nas entrelinhas. Sabes onde quero ir, ainda que eu não saiba. Sabes-me no melhor e no pior... e eu sei-te decor. Quero-te na vontade de chegar sempre a ti. És Mundo. Na vontade de Amar-sempre-mais depois das turbulências. Na vontade de ser a máscara de oxigénio que te faz seguir caminho. Na vontade de colocar o cinto de segurança e embarcar, sem medos, na viagem deste nosso Amor. És a minha maior viagem. A mais desafiante. A que quero que nunca se contente com lugar algum. Quero sempre mais... de ti e de nós. Obrigada por seres Porto-Seguro! Por seres Mundo, no meu Mundo. 

13/11/19

tempo .

75513437_2500836373365029_514288510828544000_n.jpg

Tu és o meu melhor tempo. A vontade de cada segundo. Desdobrámos o tempo, para que sejamos mais em todas as horas. Em cada ponteiro, eu faço a contagem decrescente até ao teu abraço. Chego a desorientar-me no dia, para que nos possamos encontrar infinitas vezes. Chego na vontade de te saber decor. No querer que cada minuto seja efémero - para que venham sempre mais. Sem medo de corridas contra o tempo. Tu corres comigo no Amor, e esse não se perde no tempo. Ganha-se em cada badalada. Conquista-se, ainda que num relógio parado... porque o que importa é saber onde e com quem. O encontro à hora marcada faz-se na sintonia de uma dança ao ritmo da paixão. Tu que és cronómetro e não deixes que vacile nas repetições em série. Tu que és "tic tac" de infinitas borboletas na barriga... és o meu temporizador avariado, para que nos percamos no tempo e nele mesmo nos saibamos encontrar ao sabor do tempo-mais-que-perfeito. És Amor em tempo de Sorte Grande.

24/09/19

diferenças .

69356918_523133168234258_119703062116827136_n.jpg

Diferenças. Entre 4 a 5 cm, mas os passos são em conjunto. Lado a lado. A dimensão é distinta. Às vezes, sem saber para onde, mas vamos - na mesma direção. Sabemos que quem deixa de si, quer voltar. E nós, queremos sempre voltar ao porto seguro, de onde partimos. Ao lugar que nos aconchega - o abraço. Sabemos que o caminho é feito de tropeços, mas a vontade de chegar é imensa. Tu és o meu passo maior. Não interessa a diferença, interessa o que completa. Cada passo, até a ti chegar, vale a pena. És o cais onde me encontro e repouso, no final de um dia cansado ou só porque sim. É em ti que me encontro. És o meu lugar. E fica sempre a saudade, mesmo ainda quando estamos juntos. A saudade que chega a sufocar, mas dizem que o Amor move o mundo, não é?! O Amor-que-é-abraço-casa faz de todas as partidas, a vontade de regressar. E tu, és assim para mim. O ir, que só faz querer voltar. E na volta, o Amor é ainda Maior. Tu e eu. Diferentes, mas juntos na determinação com que caminhamos. Diferentes, nos tamanhos e nos feitios... mas cúmplices no desígnio de querer mais deste Amor, deste abraço que conforta... desta vontade de viver tudo o que ainda está por vir.

28/08/19

Ele .

68868126_1156805361177934_6111293602380382208_n.jp

Ele que tão bem me faz, não imagina o quanto me é. Não sabe do arrepio que provoca, só de saber que está a chegar. Não sabe do amor que lhe tenho. Do quanto cada olhar meu, lhe fala 20 línguas quando se encontra no dele. Do quanto cada entrelaçar de mãos me faz sentir em casa. Ele é observador, decora cada gramática ou passo e eu, quero-lhe conjugar O Amor em todos os tempos verbais ao sabor de um pretérito mais que perfeito. Quero-lhe dizer que cada gesto dele me abraça. Cada palavra me conforta. Ele é cúmplice dos meus sonhos - ele não sabe, mas foi com ele que eu sonhei toda a minha vida. Ele conquista-me em cada passo, na paciência, na vontade de estar... e eu, não lhe sei quantificar a paixão - de tão imensa. Ele é Âncora que me deixa naufragar sem medo e não me desorienta. Ele é cais - onde quero sempre voltar. Ele é Casa - e eu só quero ficar. Quero repousar no peito dele e sentir a taquicardia que lhe provoco. Quero ser, com ele, tudo o que o Amor ousar. Ele não sabe, mas é a minha maior certeza. E com ele, quero a vida toda. Para o que der e vier. Ele. Só ele sabe, do quanto nos queremos bem. Ele sabe do Amor que nos temos - Nós. 

08/08/19

dia-a-dia .

67439754_2381813008564121_793304215035314176_n.jpg

O Amor acontece. Entre tropeços e desvios, sempre chega a horas - ainda que por vezes pareça que não temos os relógios certos, pela mesma hora. Todos temos tempos diferentes. E tu... tens sido o meu melhor tempo! Sem hora marcada e a reserva já planeada - sem que o soubéssemos. Chegaste na hora certa. E sempre foi, sem ainda o ser. Um olhar, uma conversa, um passeio... um arrepio que ficou! Hoje, é Mágico. De cada tempo que passa, eu só quero mais tempos contigo. Quero tudo o que está por vir. A cumplicidade, as picardias, os amuos... Quero crescer. Deixar a monotonia de lado e fugir às banalidades do dia-a-dia. Contigo, quero o diferente. Tudo o que nunca vivi. O toque, o abraço, o sorriso... o caminhar, lado a lado, para o que der e vier. O querer tudo como se fosse a primeira vez. A novidade do que nunca foi. A intensidade de um amor que não foge ao tempo. Que se cultiva, que se alimenta... que se faz acordar, a cada novo dia, com o sol a raiar. Com a certeza, de que hoje estamos mais fortes do que ontem. E amanhã, seremos unha e carne. Dia após dia, somos mais. Somos as páginas escritas do que foi, mergulhadas na vontade do que está por vir. Que venham muitos mais tempos, eu não tenho pressa. 

Não sei onde vamos, mas enquanto houver caminho, eu vou, agarrada a ti... sem hesitar!

07/07/19

ele .

66170990_325836381698712_598697932593561600_n.jpg

Ele. Ele gosta de sombra e eu gosto de sol. Ele é de alto e bom som e eu sou de palavras no papel. Ele é alto e eu sou baixa. Ele é extrovertido, fala pelos cotovelos e eu sou introvertida, de pouca voz. Ele tem um feitio complicado e eu complemento-o ainda mais. Ele é paciente (qb) e eu impaciente. Ele não sabe que tem os defeitos que eu mais admiro, que me conquista de cada vez que me desafia. Ele arrepia só com um olhar. Ele é diferente. Dono de si. Cúmplice de mim. Faz-me ser melhor, a cada dia que passa. Ele não sabe, mas a vida ganha cor com um simples sorriso dele. O errado, acerta-se. O incerto, torna-se certo. E aos poucos, tudo o que era indefinido, torna-se definido, ainda que numa dimensão que não me deixa ser concreta, de tanto que é. 

Ele entrou, devagarinho. Eu deixei-lhe a porta entreabaerta, com medo, não a quis abrir na totalidade. Ele soube limpar os pés e entrar. Com cuidado. Trazia serenidade e transmitia-me confiança, sabia do que falava e mal eu sabia, nas conversas em que nos íamos perder. Deixei-o entrar para um café - não queimou, mas chegou a arrefecer... de uma forma inesperada, ele soube (re)aquecer e fazer-me acreditar que o Amor se constrói, grão a grão.

Ele sabe que me mudou e eu não me importo, foi para melhor. Ele sabe que é o meu abraço-casa e Âncora que me guia, numa bússola que me orienta e me leva ao encontro dele. Ele sabe que é Cais, de onde parto e quero sempre voltar. Ele sabe e eu sei. E sabendo, vamos caminhando - lado a lado - ele e eu. 

08/04/19

sorri .

56547385_2066162990343849_2568824724331167744_n.jp

Sorri, como num abraço ao tempo. Como se todo o tempo do mundo fosse teu. Como se o comboio nunca se atrasasse e chegasses sempre a horas. Sorri, como num passo tímido que ultrapassa aquele nervoso miudinho. Como se o medo fosse fácil de eliminar. Como se o friozinho na bariga fosse mera ilusão. Sorri, como que ancorada num cais seguro. Como que remando contra a corrente, tudo corre a favor. Como que ao partir, se sabe onde chegar ao porto seguro. Sorri, como se não houvesse amanhã. Sorri, aqui e agora. Sorri, sem o tempo contado. Sorri, ao pormenor. Sorri. 

16/02/19

risos, sorrisos e gargalhadas .

 

_MG_2696.JPG

Aos sorrisos. A todos. Ao que são só riso. Aos que são gargalhada.

Aos sorrisos que ficam. Que parece que têm cheiro e ficam em nós. 

Aos risos que bailam connosco.

Às gargalhadas que cantam uma vida.

Aos sorrisos que nos guiam, numa bússola que orienta de norte a sul

Aos risos que nos entusiasmam e nos deixam sem medo de tropeçar.

Às gargalhadas que escondem o nervo miudinho antes de entrar em palco.

Aos sorrisos que nos dão a mão e nos levam para o Mundo.

Aos risos que nos abraçam e adoram.

Às gargalhadas que fazem da vida um palco de emoções.

Aos risos e sorrisos que ficam. 

Aos risos e sorrisos que ragsam o bilhete de regresso.

Às gargalhadas por ver o comboio passar - só de passagem.

Aos risos, sorrisos e gargalhadas da nossa vida - um bem haja! 

18/12/18

meros dias, ao sabor do tempo .

_MG_2744.JPG

Deixa que o tempo seja aquilo que quiser. Que sejam horas e minutos. Dias a mais, são também dias a menos no calendário... mas o que somos nós, senão meros passos em busca do amanhã? Podemos até olhar para o dia que já passou e sentir orgulho, mas o labirinto continua... e ainda que moldados pelo que fomos, o que importa é o que somos e seremos. Promete-te todos os dias uma dose extra de felicidade. Não rejeites o tempo. Re-inventa-o se assim for preciso. Não te deixes adormecer no dia inacabado, há sempre mais tempo para sorrir e abrir a porta aos planos para hoje. Não temas o inesperado, senta-o no centro da mesa e deixa-o mostrar-te que és capaz de o cumprir. Deixa-te saborear o chá-das-cinco-que-sabe-a-dias-felizes. Deixa-te ficar no aroma-do-tempo-que-vale-a-pena-passar. Deixa-te ficar do lado da janela e vê como a vida é bela, lá fora, quando não se corta os ponteiros ao tempo. Deixa o tempo ser e deixa-te ser, ao sabor do tempo. 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D